segunda-feira, 13 de julho de 2009

Music Man Steve Morse Signature

O Abimael finamente trouxe a Morse pra regulagem geral, polimento dos trastes e troca de cordas. O dono anterior da guitarra não deve ter tido muito cuidado com ela, então os trastes estavam muito oxidados. Não podemos deixar os trastes de um instrumento ficarem oxidados, pois essa oxidação contamina das cordas e elas acabam se estragando muito mais rápido.





Vocês podem ver nas fotos como estavam os trastes e a escala antes do trato, a eletrônica do instrumento e como ele ficou depois do trabalho.

Eu imaginava que os singles eram normais mas o single colado no captador da ponte é um HS3. O outro single é bem vintage, enquanto os humbuckers tem ganho muito alto, especialmente o da ponte.


7 comentários:

M . @ disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
¢az. disse...

Caraca,que guitarra. :O

edivar marinho disse...

fala rafa, essa daí é uma que tem tipo uma marca na madeira atrás?

Richel disse...

Cara, pra que são estas duas chaves que ela tem?

DeMart disse...

Olá amigo, tudo bem?
Tenho uma guitarra epiphone. Porém, até hoje ninguém soube me dizer qual o modelo dela. Você pode me passar seu email par eu te enviar as fotos?
Até hoje, encontrei apenas um modelo semelhante no youtube.

Rafael Gomes disse...

Richel, a chave da frente liga o captador da ponte com qq posição da chave. A chave de trás controla o HS3 colado na ponte (misturando o HS3 em qq posição chave ou ligando exclusivamente o HS3).

É uma bagunça danada. Eu faria uma fiação normal nela e pronto.

Anônimo disse...

Vc também fabrica instrumentos?, queria fazer um orçamento! se possível me mande seu e-mail

hellblackbass@yahoo.com.br
danielmenezesdemattos@gmail.com

preferêncialmente pelo yahoo.
muito obrigado