sábado, 6 de março de 2010

Dean Razorback

Rapaz, o negócio é o seguinte: quer ser chato? Pois seja logo o Greg House. Quer ser grosso? Pois seja logo o Seu Lunga. Quer tocar guitarra com ódio no coração? Pois use logo a Razorback.

Paulo Bessa (guitarrista da Necromorten e da Coldness) trouxe a Dean pra regulagem e troca de cordas. A coitada estava mesmo maltratada, mas saiu daqui no ponto exato de mandar bala no show de hoje.






4 comentários:

Paulo Bessa disse...

A regulagem ficou perfeita. Sempre deixo minhas guitarras com o Rafael, nunca tive do que reclamar. Essa guitarra realmente é para um esquema mais pesado, sonoramente ela é versátil, mas com esse visual só rola pancadaria mesmo! Hehehe

Abraço.

Hilário Ferreira disse...

A primeira lei da selva aplicada às guitarras!

L. M. disse...

Amo esse blog! Não sei se você sabe, mas sou FASCINADA por instrumentos musicais! Qualquer dia vou te fazer uma visitinha lá pra conhecer teu trabalho... Se não for atrapalhar, claro! (Pode?)
Beijão!

¢az. disse...

ainda tem uma dessas com a pintura confederada. hm
Linda demais.