quinta-feira, 28 de abril de 2011

Gibson Les Paul Deluxe 1976

Alvin, guitarrista da banda De Blues em Quando, gosta de guitarras antigas e tem uma bela coleção em casa. Essa Les Paul Deluxe é de 1976 já teve vários donos, mas infelizmente nem todos foram tão cuidadosos com ela quanto o Álvaro. Essa guitarra saiu de fábrica com mini-humbuckers e provavelmente com alavanca Bigsby. Os captadores foram depois trocados por Burstbuckers, a Bigsby foi retirada e foi instalado um sistema de ponte e cordal convencional. É possível ver as "cicatrizes" da retirada da Bigsby.

Os trastes haviam sido trocados por algum energúmeno com uma severa debilidade mental. O infeliz luthier arrancou os trastes originais sem tomar os devidos cuidados (arrancando pedaços do jacarandá), cortou os frisos laterais, machucou a escala e quebrou as marcações em diversos pontos quando foi instalar os trastes novos (ele deve colocado os trastes usando um tacape) e ainda deve ter feito o acabamento usando uma pedra de calçamento pra ter feito trabalho tosco desses nas laterais (como vocês podem ver na primeira foto).

Ver um serviço porco desses é de fissurar meu coração de granito.

Retirei os trastes, tratei a escala para retirar as marcas da britadeira que o "luthier" anterior usou pra fixar os trastes e fiz discretos enxertos pra diminuir o estrago causado nas marcações. Instalei os Dunlop 6000 e fiz o devido acabamento. Preenchi os cortes dos frisos com uma resina branca para tentar disfarçar um pouco a besteira que havia sido feita antes. É uma maravilha poder ver uma escala de jacarandá tão antiga: ela ficou linda depois de feitos os reparos e a hidratação.


Retirei Burstbuckers a pedido do dono e um par de 57 Classic entrou em cena. Por fim, coloquei D'addario 0.10 e regulei com a ação média (o trabalho na escala e trastes permitia uma ação mais baixa, mas o Alvin toca com força e também toca slide). 

O Alvin deve ter gostado do trabalho, pois acabou trazendo mais dois instrumentos para troca de trastes que vocês verão em breve.

Ouçam o som do Alvin e conheçam a De Blues em Quando 
no Youtube. Adicione-os no  Facebook clicando aqui e sigam a banda no Twitter: @debluesemquando









3 comentários:

Richel disse...

Quem faria uma monstruosidade de destruir uma Gibson? Eu já acharia absurdo fazer o que fizeram numa Tonante!

Felizmente, o Rafael salvou o dia mais uma vez.

Sir.Paulo disse...

Temos que encontrar esse primeiro luthier e dar uma Camaçada de Pau nele!

Rafael teu trabalho ficou 10!!!

Thiago Aragão disse...

" Sinto de segurança salva vidas "

" Rafael Gomes conserta vidas "