segunda-feira, 15 de novembro de 2010

Epiphone Les Paul Custom

Napoleão Caldas é um cara que sofre de um distúrbio de personalidade profissional parecido com o meu. Além de dentista ele é um dos donos do Acervo Imaginário, um dos bares mais bacanas de Fortaleza. 

Napoleão trouxe todos os seus instrumentos pra manutenção (baixo Fender Jazz Bass, violões de 6 e 12 cordas e algumas guitarras). Dessa vez eu troquei os trastes da Fender e da Epiphone Custom. Havia uma irregularidade chata no final da escala da Les Paul. Retirei os trastes antigos, corrigi a irregularidade, coloquei meus trastes preferidos (Dunlop 6000), hidratei a escala, usei D'addario 0.10 e deixei a ação média-baixa. 




5 comentários:

Sir.Paulo disse...

Fala garotoo!!!

Ela ficou lindaaa!!!

Velho com que produto você hidrata a escala da guitarra que fica tão bonita assim?

Rafael Gomes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rafael Gomes disse...

Brother, vc pode usar duas coisas: ou o bom e velho óleo de peroba q vc compra no supermercado ou o óleo de limão q é apropriado pra escalas. O meu segredo é limpar bem a escala, aplicar o produto hidratante e deixar a escala absorvê-lo por algumas horas. Depois vc retira o excesso e a escala fica linda.

Sir.Paulo disse...

Ahh então vc deixa por um tempo o óleo de Peroba,quando eu passo o óleo de Perobar eu não deixo ele agir por muito tempo ,mas agora vou fazer da maneira correta!!!!!

Cara admiro muito teu trabalho parabéns!!!! E obrigado por me responder!!!

Marco disse...

Ei Rafa , uma correção!. O baixo do Napô é um Fender Precision Bass! Fonte: Sou baixista da banda , dele. É um precision , garanto! :-)